Relatório Curva Futura - Maio 2020

RelatórioCurva Futura

Maio 2020

Relatório Curva Futura


A Curva Futura busca representar a expectativa de preços em uma determinada data de cotação para um dado fornecimento futuro de energia. Cada curva representa um produto específico, podendo variar em tipo de fonte de energia, período de maturidade e submercado de entrega. Em nosso caso, consideramos o submercado SE/CO pela maior liquidez. A fonte e o período são descritos nos gráficos abaixo.

Energia Convencional

Curto Prazo

Produto Preço Médio [R$/MWh]¹ Variação Mensal² Variação Anual³
Mai/20 55 22% -
Jul-Set/20 95 -14% -
Jul-Dez/20 98 -18% -

1 Valores cotados em abril de 2020. 2 Em relação a março de 2020. 3 Em relação a maio de 2019.

Longo Prazo

Produto Preço Médio [R$/MWh]¹ Variação Mensal² Variação Anual³
2021 158 -15% -17%
2022 159 -12% -11%
2023 156 -5% -5%
2024 150 -4% -10%
2025 153 0% -

1 Valores cotados em abril de 2020. 2 Em relação a março de 2020. 3 Em relação a maio de 2019.

Energia Incentivada 50%

Produto Preço Médio [R$/MWh]¹ Variação Mensal² Variação Anual³
2021 204 -16% -12%
2022 199 -6% -3%
2023 189 -2% -3%
2024 178 -3% -4%
2025 161 -4% -

1 Valores cotados em abril de 2020. 2 Em relação a março de 2020. 3 Em relação a maio de 2019.

1

Em abril/20 os preços tiveram altas variações negativas, reflexo direto da redução do consumo. Destaque para o produto mai/20, que durante todo o mês foi precificado, aproximadamente, a R$45 por MWh, contudo, com a proximidade da sua realização e redução das afluências, típico de período seco, apresentou elevação no último dia de abril/20. A variação desse produto foi contrário ao dos demais, mas reflete a expectativa/confirmação do mercado de que, para o submercado Sudeste/Centro-Oeste, o produto mai/20 não será valorado no piso. Vale frisar que a volatilidade não está descartada.

2

Para os produtos com realização a partir de 2021 o efeito foi de redução, com variações bem significativas para os produtos de longo prazo. Indicativo da expectativa do mercado em relação a recuperação do sistema após a crise.

3

O PLS 3.975/2019, o qual trata da resolução do problema do GSF (Generation Scalling Factor), - problema de âmbito judicial que impede a normalidade das liquidações financeiras do mercado de curto prazo na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) - está aguardando votação no Senado. O Senador Marcos Rogério escreveu no 28 de abril uma carta para o Presidente do Senado com o pedido para que o processo seja votado eletronicamente, sendo uma alternativa para acelerar a sua resolução. Caso seja aprovado, esse Projeto de Lei seria um grande passo para o setor elétrico, pois liberaria o montante financeiro judicializado na CCEE e daria liquidez para a Setor Elétrico neste momento de pandemia. Além disso, seria uma base para a modernização proposta pelo PLS 232/2016.

Nos gráficos abaixo são mostradas as Curvas Futuras de Energia Convencional e Energia Incentivada com 50%. Para os dados mensais foram utilizadas as médias dos dados coletados, o que não capta as oscilações diárias.

Energia Convencional

Energia Incentivada 50%