Relatório Curva Futura - Agosto 2020

RelatórioCurva Futura

Agosto 2020

Relatório Curva Futura

A Curva Futura busca representar a expectativa de preços em uma determinada data de cotação para um dado fornecimento futuro de energia. Cada curva representa um produto específico, podendo variar em tipo de fonte de energia, período de maturidade e submercado de entrega. Em nosso caso, consideramos o submercado SE/CO pela maior liquidez. A fonte e o período são descritos nos gráficos abaixo.

Energia Convencional

As tabelas abaixo mostram os preços consolidados de Junho dos produtos anuais de 2020, 2021, 2022, 2023 e 2024 para a Energia Convencional e Incentivada de 50%, respectivamente. São analisadas a variação anual e mensal destes produtos. Além deles, foram incluídos os produtos de curto prazo da Energia Convencional, os quais mostram a cotação do produto no último dia de abril.

Curto Prazo

Produto Preço Médio [R$/MWh]¹ Variação Mensal² Variação Anual³
Ago/20 96 12,9% -
Out-Dez/20 109 2,7% -
Jan-Jun/21 123 -1,6% -

Longo Prazo

Produto Preço Médio [R$/MWh]¹ Variação Mensal² Variação Anual³
2021 146 -3% -22%
2022 156 -1% -8%
2023 154 -1% -5%
2024 150 -1% -8%
2025 147 -1% -

Energia Incentivada 50%

Produto Preço Médio [R$/MWh]¹ Variação Mensal² Variação Anual³
2021 194 -2% -16%
2022 198 2% -4%
2023 190 1% -2%
2024 182 -1% -3%
2025 174 -2% -

1 Valores cotados em julho de 2020. 2 Em relação a junho de 2020.
3 Em relação a agosto de 2019.

1

O começo de 2020, especialmente os meses de fevereiro, março e abril, foram marcados por volumes de chuvas elevados em diversas localidades, o que contribuiu para o armazenamento dos reservatórios no Sudeste/Centro-Oeste, Norte e Nordeste. Por conta disso, somado à abrupta redução de carga causada pela pandemia, o mês de julho manteve-se com preços (curto prazo) em patamares mais baixos, seguindo os valores verificados nos dois últimos meses.

2

Para os produtos de longo prazo, houve uma pequena oscilação negativa nos preços em julho/20. Essa manutenção dos patamares após o início da pandemia reflete a expectativa do mercado quanto a retomada da economia e da carga para os próximos anos, bem como, a situação hidrológica atual favorável, acompanhando os preços de curto prazo.

3

No contexto regulatório, dentre as principais notícias que marcaram o mês de julho, destacam-se a aprovação e operacionalização dos contratos da Conta-Covid pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), juntamente com o primeiro repasse para as empresas, e a retomada das normalidades dos serviços das distribuidoras, como a volta do atendimento ao público e a possibilidade de suspensão do corte por inadimplência.

4

Os PLS 232, o qual trata sobre a abertura de mercado e outros assuntos, ainda não tem atualizações. Esse projeto é fundamental para melhoria e desenvolvimento do Setor Elétrico e no contexto de pandemia acabou sendo deixado para um segundo momento. Contudo, lideranças e especialistas do setor ressaltam sua importância e destacam a necessidade de avanço nas vias legais.

Nos gráficos abaixo são mostradas as Curvas Futuras de Energia Convencional e Energia Incentivada com 50%. Para os dados mensais foram utilizadas as médias dos dados coletados, o que não capta as oscilações diárias.

Energia Convencional

Energia Incentivada 50%