Boletim Mensal - Dezembro 2020

BoletimMensal

Dezembro 2020

Boletim Mensal

Reservatórios

Devido a dispersão e irregularidade das chuvas durante todo novembro/20, os reservatórios mantiveram a trajetória de deplecionamento apresentada em outubro/20, chegando a 24% da capacidade total, como pode ser observado no Gráfico 1.
Dezembro/20 começou com a mesma tendência de novembro/20, contudo, a qualidade das chuvas melhorou no decorrer do mês e é esperado que elas se concentrem sobre a Região Sudeste a partir da segunda quinzena. Esse padrão chuvoso estabelecido tende a contribuir com a melhora das afluências e a recuperação dos volumes dos reservatórios a partir de fevereiro/21.
A situação dos reservatórios deve ser monitorada, pois sua recuperação é fundamental para manutenção dos preços durante o próximo período seco.

1

Trajetória Prevista de Armazenamento dezembro/2020 a junho/2021 – Limite Inferior e Superior

Gráfico 1

2

Nível dos reservatórios por subsistema no dia 16/12/2020 e 17/12/2019

Gráfico 2

Carga

No Gráfico 3 é possível observar a projeção de carga para o ano de 2020, comparando-a aos últimos dois anos e com o que de fato foi realizado.
O consumo de energia elétrica em novembro/20 não chegou aos patamares apresentados em setembro/20 e outubro/20, contudo é possível afirmar que a carga voltou aos patamares observados em 2019. Além disso, reforça que a subida apresentada naqueles meses teve forte influência da temperatura.
No dia 30 de novembro/20 foi divulgado ao mercado o Planejamento Anual da Operação Energética para o período de 2021 até 2025, com o intuito de adequar as projeções de carga para o próximo ciclo. Como pode ser observado no Gráfico 4, os valores aprovados apresentaram pouca variação, demonstrando que a perspectivas dos órgãos responsáveis são praticamente iguais a última revisão. A próxima alteração na projeção de carga deverá ocorrer em março/21.

3

Evolução do consumo de energia elétrica do SIN previsto para 2020.

Gráfico 3 *Expectativa do Operador Nacional do Sistema.

4

Projeção de carga para o ciclo 2021-2025.

Gráfico 4

Meteorologia

Como citado anteriormente, ao longo do mês de novembro/20 as chuvas foram dispersas e sem volumes expressivos, variando entre Nordeste, Sudeste e Sul. Deste modo, não contribuíram efetivamente com nenhuma região em particular. O padrão em dezembro/20 é um pouco melhor para o sistema, com chuvas constantes e localizadas na Região Sudeste, local com a maior capacidade de armazenagem do país. A expectativa é que esse padrão de chuvas se mantenha até o final do ano.
Para o submercado Sudeste/Centro-Oeste o padrão de chuvas bem localizado com volumes consistentes é mantido até janeiro/21, contudo, sem volumes extremos ou anomalias.
Para o submercado Sul as frentes frias se mantêm até essa semana, devido a um bloqueio instaurado no Pacífico Sul. Com o rompimento do bloqueio no final do mês, as frentes frias não se sustentam e é esperado redução nos volumes de chuvas.
Para os submercados Nordeste e Norte a condição é parecida, dado que o cenário é bem favorável para o submercado Sudeste/Centro-Oeste, as chuvas tendem a reduzir nessas regiões. Contudo, ainda são beneficiadas pelas precipitações em bacias importantes para seus submercados, como a do Tocantins, para o Norte, e a do São Francisco, para o Nordeste, com chuvas em suas cabeceiras.

5

Preços

O valor do PLD médio mensal de novembro/20 foi 502,70 R$/MWh para quase todos os submercados, com exceção do submercado Nordeste que apresentou um PLD médio de 242,52 R$/MWh. Os preços de dezembro/20 apresentaram redução expressiva, quando comparado com o final de novembro/20, quando os preços semanais atingiram seu valor
máximo. A expectativa é que a média mensal seja valorada em torno de 260,00 R$/MWh para todos os submercados.
Vale reforçar que a elevação dos preços no decorrer de novembro/20 é reflexo direto da falta de chuvas e o forte deplecionamento dos reservatórios, como foi apresentado. A redução de preços observada no decorrer de dezembro/20 é devida a melhora na qualidade locacional e volumétrica das chuvas e sua continuidade, padrão que é esperado até o final do mês.

6

Evolução PLD semanal e previsão de fechamento para dezembro/2020

Gráfico 5 | Fonte: Elaboração Exata Energia

7

Histórico PLD 2017, PLD 2018, PLD 2019 e trajetória de preços de 2020

Gráfico 6 | Fonte: Elaboração Exata Energia

Notícias

Preços de energia atingem teto regulatório em dezembro

A primeira semana do mês de dezembro foi marcada por um evento singular. Pela primeira vez nos últimos anos, os preços de energia elétrica atingiram o teto regulatório (R$ 559,75/MWh) durante o mês de dezembro em todos os submercados. A justificativa para tal fenômeno, está associada a continuação das realizações pessimistas de afluências durante o último mês, com poucas chuvas nas principais bacias do Sistema Interligado Nacional (SIN).

ONS e EPE divulgam a projeção de carga para o período de 2021 a 2025

Após a retomada do consumo de energia no Brasil, à patamares superiores ao do período pré pandemia, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), divulgaram as projeções de carga para os próximos cinco anos. Para o período, espera-se que a consumo apresente um crescimento médio de 3,6% ao ano. Para 2021, espera-se um aumento de 3,4%, com uma elevação no PIB de 3,3%.

Geração eólica bate novo recorde no Nordeste

Mais uma vez, as fontes eólicas bateram recordes de geração no último sábado (28 de novembro), contribuindo com 9.163 MW médios no sistema elétrico. Esse número representa 86,8% da demanda de energia do Nordeste, e evidência como a tecnologia pode contribuir para o mix energético, sobretudo com a precificação horária a partir de 2021.

Aneel terá que retirar incentivos à geração distribuída

O Tribunal de Contas da União (TCU) estabeleceu prazo de três meses para que a agência apresente um plano prevendo a retirada da diferenciação tarifária entre consumidores de energia, resultante do sistema de compensação aplicado aos sistemas de geração distribuída. A proposta deve incluir um período de transição para que o repasse de custos e encargos de forma desigual seja eliminado, sem a provocação de ônus no mercado

Perspectivas de Média Prazo

Reservatórios

Devido a dispersão das chuvas desde o começo do período úmido, os reservatórios não conseguem iniciar um processo de recuperação como apontado meses atrás. Contudo, a partir de fevereiro/20 é esperado uma resposta e, consequentemente, uma melhora nos níveis dos reservatórios.

Período Úmido

O cenário meteorológico aponta para um período de La Niña fraca até meados de 2021, o que mantêm a perspectiva que o período úmido ocorra dentro da normalidade. Para o segundo trimestre é esperado um cenário de neutralidade, sem La Niña ou El Niño estabelecido, o que contribui para as chuvas na Região Sul durante o período seco.

Limites do PLD

Como já é de conhecimento, o PLD para 2021 será calculado na base horária. Além disso, os limites, máximo e mínimo, são atualizados anualmente segundo metodologia da ANEEL. Para 2021 os valores serão: PLDmínimo igual a 49,77 R$/MWh e PLDmáximo Estrutural igual a 556,58 R$/MWh.