Notícias

MUDANÇAS NO CÁLCULO DA GFS

CCEE ATUALIZA CÁLCULOSDA GFS

Impacto do GSF pode mudar

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) atualizou os cálculos sobre o impacto do GSF com as alterações postas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) com usinas já repactuadas no ACR em 2016. O valor passou de R$ 15,7 bilhões para R$ 19,9 bilhões.

Segundo a CCEE, os novos cálculos foram impactados pelo aumento do tempo de outorga que será oferecido como contrapartida para as usinas que aderirem à repactuação do risco hidrológico. Passou de 683 dias para 864 dias.

Rui Altieri, presidente do Conselho de Administração, destacou que esses dados são preliminares e devem mudar, pois outros dois temas influentes ainda estão em discussão na agência reguladora. Ele disse também que agentes estão procurando a CCEE para reavaliar o adiantamento dos débitos do GSF.

Espera-se que o caso do GSF seja equacionado pelo menos até julho. No segundo semestre, a expectativa é de que as liquidações do MCP voltem aos patamares de 2015.

Atualmente, mesmo com os efeitos da pandemia, as distribuidoras estão, em média, com uma sobrecontratação de 105,1%.

A CCEE continuará a trabalhar em cinco temas estratégicos: GSF, Formação de Preços, Abertura de Mercado, Modernização do ACR, Segurança de Mercado e Mercado de Capacidade.

O presidente do Conselho de Administração da CCEE afirmou que, entre setembro e outubro, a entidade deverá apresentar seu novo site na internet, que está em desenvolvimento.

Voltar às Notícias